VisionSet

ATAQUE À VULNERABILIDADE DOS SISTEMAS

Com o avanço da tecnologia, as empresas vão se adequando às novas mudanças, trazendo uma série de benefícios e, naturalmente, novas vulnerabilidades de sistema.

O problema, no entanto, é que essas vulnerabilidades, quando não são corrigidas a tempo, podem ser exploradas por cibercriminosos – o que é extremamente grave.

Por isso, é indispensável que as organizações busquem eliminá-las rapidamente, garantindo que seus dados e informações sigilosas estejam em segurança e longe de tais ações e delitos.

Pensando neste contexto, a VisionSet destacou cinco etapas para você assumir o controle do seu sistema: descobrir, avaliar, priorizar, corrigir e calcular todos os ativos dos seus ambientes computacionais. Conheça-as agora e implemente-as já:

1. DESCOBRIR

A primeira etapa de gerenciamento de vulnerabilidades é fazer o inventário de todos os ativos de hardware e software em toda a superfície de ataque. Isso pode ser difícil porque, provavelmente, você tem vários tipos de ativos, como ativos de TI tradicionais, transitórios, móveis, dinâmicos e de tecnologia operacional (OT), que exigem diferentes tecnologias de descoberta.

Ademais, o uso de diferentes produtos de descoberta também resulta em silos de inventário de ativos, o que dificulta, ou até impossibilita, o mapeamento de diversos ativos de serviços.

2. AVALIAR

A avaliação de ativos quanto a vulnerabilidades e configurações incorretas em toda a superfície de ataque é um desafio em decorrência dos diversos tipos.

É provável, inclusive, que seus ativos de TI tradicionais, transitórios, móveis, dinâmicos e de tecnologias operacionais (OT) precisem de diferentes tecnologias de avaliação, mas todos devem ter suporte em uma única plataforma de gerenciamento de vulnerabilidades, que ofereça uma visão unificada das exposições.

3. PRIORIZAR

Entenda as vulnerabilidades no contexto de risco do negócio e use esses dados para priorizar os esforços da sua equipe. Com uma abordagem baseada em riscos para esse gerenciamento, sua equipe de segurança pode se concentrar nas brechas e nos ativos mais importantes para que você possa abordar o verdadeiro risco de negócio da organização, em vez de desperdiçar seu valioso tempo em algo que os invasores podem não explorar.

Ao entender o contexto total de cada vulnerabilidade, incluindo a criticidade dos ativos afetados e uma avaliação da atividade de ataque atual e provável no futuro, você pode agir de forma assertiva para reduzir ao máximo o risco de negócio com o menor esforço.

4. CORRIGIR

A correção de vulnerabilidades de alta prioridade, configurações incorretas e outros problemas muitas vezes exige mais do que apenas aplicar patches.

Isso porque as atividades de aplicação de patches e outras correções exigem um handoff à equipe de operações de TI, juntamente com expectativas e instruções claras.

Além disso, há algumas ocasiões em que a aplicação de patches não é viável. Nesses casos, sua equipe de segurança precisa considerar a aplicação de controles de compensação como alternativa. Ao adotar uma abordagem baseada em riscos que prioriza vulnerabilidades e ativos, você pode reduzir o tempo e o esforço necessários para garantir a segurança de sua superfície de ataque.

5. CALCULAR

Comunicar e comparar as principais métricas é fundamental para compreender a eficácia do seu programa de segurança. Acompanhe seu Cyber Exposure Score (CES), o tempo para avaliar, o tempo para corrigir e compare essas métricas internamente e em relação a empresas do mesmo setor.

Após este processo, comunique esses resultados à sua equipe e aos principais interessados para aumentar a confiança no sucesso do seu programa.

SAIBA MAIS!

A VisionSet trabalha em parceria com as soluções Tenable para ajudá-los a compreender e reduzir o risco de segurança cibernética baseada nas práticas de mercado. Nossa meta é equipar todas as organizações, independentemente do tamanho e garantir um ambiente mais seguro.

Entre em contato com a nossa equipe e saiba como podemos auxiliar a sua organização.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *